Saiba comer fritura da maneira correta



As frituras são consideradas por muitos profissionais de saúde como um alimento inimigo da qualidade de vida. Por serem ricas em gordura e óleo, as frituras carregam para dentro do nosso corpo excesso daquilo que não precisamos em demasia, ou seja, gordura e óleo.

Porém, para muitas pessoas, é uma meta quase impossível riscar pratos que são fritos, aqueles que necessitam ser mergulhados na panela quente com óleo fervendo, como exemplos, coxinha, pastéis, kibes, peixes, bolinho de bacalhau, entre outros. A lista é longa e o os prejuízos também, já que a ingestão frequente desses alimentos pode acarretar em sérios danos ao coração e provocar doenças crônicas como a hipertensão, colesterol ruim, chegando até a influenciar no agravamento dos sintomas da depressão. Por isso, cuidados devem ser tomados.

No entanto, se não consegue tirar do prato esse tipo de alimento, o mais aconselhável é fazer a escolha certa do tipo do óleo e seguir algumas orientações para diminuir o percentual de risco das frituras.

Utensílios apropriados para fritura

Panela certa é que faz comida boa. Pois é, esse ditado está correto, já que a escolha da panela influencia e muito no preparado dos alimentos. As mais apropriadas para o preparo de frituras são as frigideiras e panelas inox, pois ajudam no controle da temperatura, visto que o óleo, ao passar da temperatura de 190°C, torna-se cada vez mais uma gordura saturada. Também não insira muitos alimentos na mesma panela, tente não encher a panela, pois quanto mais cheia, mais óleo será absorvido pelos alimentos.

Portanto, faça a escolha certa: evite utensílios de cobre e ferro na hora de preparar, isso irá diminuir o potencial maléfico das frituras. Uma alternativa poderosa na redução do consumo de óleo na fritura é utilizar a fritadeira airfryer philips walita, que promete fritar os alimentos com ar quente e manter a textura de fritura em óleo.

Substitua o tipo de óleo

 
O óleo menos prejudicial para frituras são os óleos de canola, soja, milho, girassol e oliva; esse último possuí nutrientes que ajudam o organismo, além do colesterol bom, visto possuir gorduras insaturadas. Entretanto, deve-se atentar à temperatura correta, que nunca pode ultrapassar os 190°C, pois, ao atingir temperaturas muito elevadas, os nutrientes são perdidos. E lembre-se de nunca reutilizar o óleo para outras frituras.

Preparo dos alimentos


Antes de fritar, tente diminuir a umidade dos alimentos, ou seja, deixe-os mais “sequinhos”. Para isso, utilize algumas técnicas, como no caso das batatas fritas: podem ser deixadas, ainda com casca, no micro-ondas por cerca 8 minutos para diminuir o tempo de imersão no óleo. Além disso, depois de fritas, coloque sempre os alimentos em cima do papel toalha para que ele absorva o máximo de gordura do alimento.

Outra dica é fazer frituras sem óleo! Isso mesmo, alguns alimentos que são gostosos fritos, como os ovos, podem ser preparados com um pouco de água, apenas uma colher de sopa no lugar do óleo e ficar iguaizinhos! É o caso do famoso ovo pochê, que pode e deve ser seu novo amigo na cozinha.

Além disso, também pode ser utilizada a técnica de cozimento em grelha, que não altera o sabor dos peixes e do frango.

Refogar sem óleo: Também aprenda a refogar utilizando água no lugar do óleo. As cebolas e o alho soltam um pouco de umidade. É só aquecer bastante a panela e colocar uma pequena dose de água para não deixar queimar e pronto!

Gostou das dicas? Acompanhe sempre o nosso blog e compartilhe com a gente as suas experiências.

Beijos.
Daiane.

4 comentários:

  1. Adorei as dicas Bete!
    Instagram @brunaestiloitgirl
    Blog | Facebook | Twitter | Canal Youtube 
    Beeijos (:

    ResponderExcluir
  2. menina, eu adoro uma fritura, rs, que vontade que deu de comer uma batatinha

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. que dicas ótimas! eu já consegui diminuir bastante a quantidade de fritura que comia, mas ainda não consigo ficar sem a batata frita <3. eu não sabia que o tipo de panela influenciava nisso também.

    ResponderExcluir

Deixe seu carinho no meu cantinho!
E para que eu possa retribuir sua visita,
deixe o link do seu blog aqui para eu visitar.
Fazendo assim uma blogueira feliz.
Obrigada, por sua visita!
Volte sempre.
Bjs!